Fiscais flagram garimpo ilegal em área de 22 hectares no Norte de MT

Sema
Uma operação realizada na região norte de Mato Grosso resultou no embargo de um garimpo ilegal localizado entre os municípios de Carlinda e Alta Floresta. Os proprietários do empreendimento foram multados em R$ 400 mil.

Por meio de drones foi possível avaliar os danos no terreno de 22,5 hectares, que inclui supressão de vegetação em área de preservação permanente e mata nativa.

A operação foi realizada pela Secretaria de Meio Ambiente (Sema), em parceira com a Polícia Civil. A fiscalização é resultado de denúncias e também da análises das imagensde satélites.

As atividades de fiscalização ambiental, que incluem as ações de monitoramento e controle de crimes ambientas como desmatamento e exploração florestal ilegais, pesca predatória, caça ilegal, poluição causara por empreendimentos, dentre outros, seguem em pleno funcionamento durante a pandemia do Covid-19.

De acordo com artigo 8° do decreto Estadual 432/2020, a fiscalização ambiental é considerada atividade essencial no Estado. Ao se deparar com crimes ambientais, o cidadão pode fazer denúncias pelo 0800 65 3838 ou via aplicativo MT Cidadão (disponível para IOS e Android).

Denúncias

O cidadão pode denunciar crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838 ou via WhatsApp no (65) 99281- 4144, nas regionais da Sema ou pelo aplicativo MT Cidadão. (Com informações da assessoria)

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário