Gerente de facção é preso com super-maconha em cidade de MT

PM-MT
O gerente de uma organização criminosa de Sinop (a 500 km de Cuiabá) foi preso na quarta-feira (15) após ser flagrado com diversas porções de skunk, considerada a super-maconha. A droga está avaliada em R$ 20 mil.

De acordo com a PM, os policiais receberam uma denúncia informando que uma casa, localizada no Jardim São Paulo, estava sendo usada para o comércio de entorpecentes.

Imediatamente, os policiais foram até o endereço e flagraram o suspeito chegando em um veículo acompanhado de uma mulher.

Ao perceber a presença da viatura, ele tentou fugir correndo do carro, porém foi contido pelos militares e revistado.

Em seu bolso foram encontradas 20 porções de maconha já embaladas para venda.

Na casa, os militares foram autorizados pela sogra do homem a revistar o quarto em que ele estava dormindo.

No cômodo, foram localizados as porções de maconha tipo skunk avaliadas em R$ 20 mil, além de R$ 17 mil em dinheiro.

Durante a checagem da ficha, os policiais militares encontraram uma lista extensa de crimes, com prisões por homicídio, porte ilegal de arma de fogo, roubo e ameaça, sendo considerado um criminosos de alta periculosidade.

Também foi identificado pelos militares que o homem atuava como gerente de uma organização criminosa na região.

Diante dos fatos, ele e a mulher foram detidos pela PM e encaminhados para a Delegacia de Sinop, onde foi autuado por tráfico de drogas.

FONTE: MÍDIA NEWS