Mulher fica 3 dias sem conseguir andar após ser espancada a pauladas pelo marido

REPRODUÇÃO
Uma jovem - nome não divulgado - fugiu de casa no final da tarde dessa quarta-feira (08), após ficar quase três dias sem conseguir andar devido a uma sessão de espancamento a pauladas no último domingo (05), nas proximidades da Comunidade Boa União, na MT-247, zona rural de Lambari D’Oeste (318 km da Capital).

De acordo com a ocorrência, a vítima teria fugido de casa por volta das 17h e pedido socorro na fazenda vizinha, onde a Polícia Militar (PM) foi acionada e escutou o relato da mulher.

De acordo com a vítima, no domingo (05) ela e o marido tiveram uma discussão por ‘motivos fúteis’ no quintal de casa, onde o acusado perdeu o controle, pegou um pedaço de madeira e espancou a esposa. A vítima teve lesões graves principalmente nas pernas e no ombro, ondo foi mais atingida pelas pauladas.

A mulher relatou que no dia, após ser agredida, ficou caída no quintal de casa até perceber que o marido tinha se acalmado e só aí pediu ajuda para se levantar.

Apenas nessa quarta-feira (08) a jovem conseguiu forças para se levantar, quando fugiu e denunciou o marido.

Com o endereço do local de trabalho do acusado, a PM se deslocou à fazenda onde o homem trabalha.

Questionado sobre as agressões, o homem confessou ter ‘batido’ na mulher. Os policiais ainda perguntaram se ele tinha armas de fogo, quando o acusado disse que guarda duas espingardas em casa.

O homem foi detido e os policiais foram à casa do casa, onde após buscas apreenderam as duas espingardas, calibre 22 e 32, além de 13 munições.

O acusado foi  preso e entregue na Delegacia de Polícia Civil, onde foi ouvido pelo delegado e vai responder pelo flagrante por porte ilegal de arma de fogo e pela denúncia de lesão corporal que a mulher fez contra ele.

FONTE: REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário