Colisões entre carretas e caminhões interdita BR-163 em Nova Mutum

fotos: Djeferson Kronbauer e Alecsander Ulbrik
Os acidentes ocorreram, na tarde desta quinta-feira (27), no quilômetro 620 da rodovia federal. A pista chegou a ser interditada no sentido sul para limpeza, já que houve derramamento de carga de milho, e para retirada dos veículos. A liberação só ocorreu por volta das 15h13. Não há registro de feridos.

Um dos acidentes envolveu uma Scania, com placas de Bandeirantes (SC) e um Man, com placas de Sorriso. A versão investigada inicialmente, de acordo com a assessoria da concessionária que administra a via, é que a colisão foi lateral.

A outra ocorrência também envolveu uma carreta e um caminhão, marcas e modelos não confirmados. A concessionária apontou ainda que a colisão foi traseira. Os acidentes, no entanto, não têm ligação.

A equipe de resgate esteve no local, mas os quatro motoristas assinaram termo de recusa de encaminhamento médico. A Polícia Rodoviária Federal também foi acionada para os procedimentos necessários. Agora, as circunstâncias de ambas as colisões passam a ser investigadas.

Conforme Só Notícias já informou, dois homens ficaram feridos, há pouco, na colisão entre uma Scania vermelha e um trator que fazia o corte da vegetação às margens da MT-242, próximo ao rio Santiago, em Nova Ubiratã (168 quilômetros de Sinop).

Na segunda-feira, em Sorriso, a BR-163 voltou a ficar interditada em acidente entre carreta e um carro, que resultou na morte de uma mulher.

A cobrança para duplicação da 163 entre Cuiabá e Sinop vem sendo intensificada junto ao governo federal e a concessionária da rodovia por conta do grande movimento diário de carretas e veículos e de acidentes com vítimas. O governador Mauro Mendes esteve, ontem, em Brasília, reunido com ministros, pedindo rapidez na definição das medidas em relação a concessionária para a obra iniciar rapidamente.

fotos: Djeferson Kronbauer e Alecsander Ulbrik

fotos: Djeferson Kronbauer e Alecsander Ulbrik

fotos: Djeferson Kronbauer e Alecsander Ulbrik

FONTE: SÓ NOTÍCIAS

0/Faça seu comentário