Covid-19 mata mais em Mato Grosso nas cidades menores

DIVULGAÇÃO
Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) mostram que a taca de letalidade, ou seja, o percentual de pessoa que morrem em decorrência da covid-19 em Mato Grosso é maior nos municípios menores. Nos 10 municípios com maior taxa de mortes pelo novo coronavírus no estado não há mais que 20 mil moradores.

Até 17 de agosto a maior taxa de mortalidade foi registrada em Ponte Branca (491 km ao sul de Cuiabá), município com 1.576 habitantes. Dos 3 casos de covid-19, duas pessoas vieram a óbito, o que representa 66,67% dos contaminados.

A segunda cidade com maior proporção de mortes é Tesouro (379 km ao sul), que tem 3.805 moradores. Lá foram 12 casos da doença e duas mortes, o que significa uma taxa de letalidade de 14,29%.

Já a terceira maior taxa fica na região metropolitana, em Santo Antônio de Leverger (34 km ao sul), com 16.628 moradores, 84 diagnósticos do novo coronavírus e 9 mortes. Além da taxa de 10,71%, outros 16 casos estão em monitoramento.

Constam ainda entre os 10 municípios mato-grossenses com maior mortalidade Cotriguaçu (950 km a noroeste), Vale de São Domingos (491 km a oeste), Carlinda (762 km ao norte), Porto Esperidião (326 km a oeste), Itaúba (600 km ao norte), Santa Terezinha (1.312 km a nordeste) e Nova Nazaré (269 km a leste).

Também é um município de pequeno porte a cidade com maior risco de se pegar covid-19 e morrer, ou seja, de uma pessoa saudável, pegar a doença e vir a morrer. Em Porto Esperidião, esse risco é de 1,748 a cada mil habitantes.

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário