Cuiabá EC vence o Avaí e divide a liderança com o Paraná

Foto: Thiago Carvalho/AssCom Dourado
O Cuiabá Esporte Clube  foi até a Ressacada, em Florianópolis, para emplacar sua terceira vitória no Campeonato Brasileiro da Série B. A vítima da vez foi o Avaí, em jogo válido pela 5ª rodada da competição. Os dois gols da partida foram marcados pelo meio-campista Rafael Veiga, vice-artilheiro da competição.

Com o resultado, o Cuiabá chegou aos 10 pontos e divide o liderança com o Paraná que fica à frente pelos critérios de desempate. Já o time da casa é apenas o 13º colocado, com 3 pontos.

Na primeira etapa o jogo foi morno, com poucas chances para as equipes. Para o Leão, o arqueiro Lucas Frigeri defendeu um chute cruzado de Elvis, já João Carlos fez boa defesa no chute bate pronto do atacante Gastón.

Apesar de jogar fora de casa, o Dourado não tomou conhecimento do Avaí e foi mais incisivo durante toda a segunda etapa. Com dois erros isolados do time da casa, Rafael Veiga foi mais feliz. No primeiro gol pegando o rebote do chute que explodiu na zaga e no segundo em uma falha grotesca da defesa dos donos da casa. 

No fim da partida, Rafael Veiga, o dono da partida exaltou o belo trabalho que o Cuiabá está fazendo nesse início de campeonato "A união do grupo é a receita. Nós fizemos um bom jogo e conquistamos o resultado. O grupo está de parabéns" disse o artilheiro.

As duas equipes voltam a campo na próxima sexta-feira. O Cuiabá recebe a Chapecoense, na Arena Pantanal.

O Avaí visita o Oeste, às 19h15, no Canindé.

Ficha técnica

AVAÍ - 0 

Lucas Frigeri; Iury (Lourenço), Rafael Pereira, Victor Sallinas (Betão), Capa; Ralf (Emerson Tucão), Bruno Silva (Jonathan), Pedro Castro, Valdívia; Gastón Rodriguez e Kelvin.

Técnico: Geninho. 

CUIABÁ - 2 

João Carlos; Hayner, Everton Sena, Anderson Conceição, Romário; Auremir, Rafael Gava (Hélder), Elvis (Marino); Yago (Felipe Ferreira), Felipe Marques (Maxwell) e Jenilson (Fabrício).

Técnico: Marcelo Chamusca. 

Gols: Rafael Gava (C), aos 13 e aos 37 minutos do segundo tempo. 

Arbitragem: Paulo Henrique de Melo Salmazio, auxiliado por Marcos dos Santos Brito e Ruy Cesar Lavarda Ferreira. 

Estádio da Ressacada, em Florianópolis.

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário