Flamengo recupera o fôlego e terá intensivo para Dome quebrar a cabeça em busca do time ideal

Uma semana livre para treinos pode não ser a solução para todos os problemas do Flamengo, mas não há dúvidas de que dará a Domènec Torrent a chance de atenuar boa parte dos próprios questionamentos neste início de trabalho.

Foto: Alexandre Vidal / Flamengo
Se a terça-feira foi de folga que o espanhol julgava necessária para um elenco que terá uma maratona de jogos pela frente, a partir desta quarta serão seis treinamentos em quatro dias para testar jogadores e passar conceitos. Esperança para, enfim, apresentar um futebol consistente que não foi visto nas cinco primeiras rodadas do Brasileirão.

A programação do Flamengo prevê atividades em período integral (de manhã e de tarde) por dois dias consecutivos, além de atividades pela manhã no Ninho do Urubu sexta-feira e sábado. Intensivão para que Dome identifique as peças ideais para o jogo de posição que ainda não deu liga e torça pela recuperação de Rodrigo Caio e Gabriel para o jogo de domingo, às 16h (de Brasília), contra o Santos, na Vila Belmiro.

Foto: Alexandre Vidal / CRF
O zagueiro e o atacante têm problemas musculares na coxa e correm contra o tempo. Ambos fizeram tratamento no CT mesmo na terça-feira de folga e seguem orientações com equipamentos em casa, mas as chances de ficarem à disposição para encarar o Peixe dependem de reavaliações até sexta-feira.

Pedro surge como substituto natural de Gabigol e Matheus Thuler larga como favorito na defesa. Foi ele o escolhido no clássico contra o Botafogo, quando Rodrigo Caio se lesionou. Gustavo Henrique é a outra opção e atuou pelo setor diante do Atlético-GO, mas não foi bem.

Foto: André Durão
Reposições mais previsíveis do que os mistérios a respeito do esquema tático e das peças a serem escolhidas por Dome. No 4-3-3 do clássico contra o Botafogo, Gerson e Arrascaeta perderam espaço para Diego e Pedro Rocha. Em coletiva, o espanhol deu justificativas táticas, de que busca jogadores mais criativos entre linhas e velozes pelos lados, mas também revelou ter escolhido quem estava melhor fisicamente.

A justificativa não pegou bem nos bastidores, Arrascaeta questionou os responsáveis pelas avaliações e o clima ficou pesado no início da semana. Com a terça-feira de repouso e tempo para treinar até domingo, fica a dúvida sobre qual Flamengo estará em campo na Vila Belmiro.

No início desta quarta-feira, é provável que nem mesmo Dome tenha essa resposta.

FONTE: GE

0/Faça seu comentário