Médico é preso após dar chutes no rosto de ex-namorada

Um médico de 36 anos, identificado pelas iniciais L.L.B., foi preso após agredir a ex-namorada, na residência dela nesta noite de terça-feira (11), em Cuiabá. A vítima denunciou o agressor em suas redes sociais. Segundo a publicação, ela conseguiu se desvencilhar dos chutes, apesar de ser ferida. “Pedi pelo amor de Deus para ele parar, porque tenho meu filho para criar”, disse.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a Polícia Militar chegou à residência de vítima por volta de 23h, e logo a encontraram com o nariz sangrando. De imediato, ela relatou que foi agredida pelo ex-namorado. Além do ferimento no nariz, a mulher estava com escoriações no rosto.

Conforme o depoimento da vítima, o ex-casal teria ido até a base da Polícia Militar da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), pois teriam começado uma briga verbal. Os militares orientaram que cada um seguisse para sua residência.

Apesar da vítima ir para a sua casa, o agressor logo apareceu no local. Ele chegou e deu chutes no rosto da mulher. Ela denunciou a agressão em seu perfil no Instagram.

“Tive que ter muita coragem para mostrar meu rosto dessa forma... Ele foi preso em flagrante dentro da minha casa, pedi pelo amor de Deus para ele parar, porque tenho meu filho para criar”, contou.

A vítima conseguiu se desvencilhar dos chutes e acionou a polícia, que chegou em sua casa em dois minutos, segundo ela contou na denúncia. “Quero denunciar para todas as mulheres vítimas terem essa coragem”.

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário