Novo sorteio do Programa Nota MT tem 1.001 ganhadores; confira a lista

Foto por: Tchélo Figueiredo - SECOM/MT
O Programa Nota MT premiou mais 1.001 consumidores nesta segunda-feira (17.08), no sorteio referente ao mês de março de 2020 - que havia sido suspenso por causa da pandemia do coronavírus.

Os prêmios de R$ 10 mil foram para consumidores das cidades de Sinop, Cuiabá e Rondonópolis. Os valores de R$ 500 foram distribuídos para moradores de 57 municípios de Mato Grosso e cinco de outros estados.

A relação de ganhadores está disponível neste link ou aplicativo do Nota MT. Para consultar, basta selecionar a opção "Sorteios" e escolher o "Mensal Março 2020".

Os bilhetes sorteados nesta segunda-feira (17) foram gerados a partir de notas fiscais emitidas com CPF o consumidor entre 1º e 31 de março. Esse é o primeiro sorteio mensal retroativo, referente aos meses quando houve a suspensão das extrações da Loteria Federal, que servem de base para a geração dos números a serem premiados no Nota MT.

“Por conta da pandemia da Covid-19 a Loteria Federal suspendeu os sorteios e nós tivemos que suspender também os sorteios do Nota MT. Todo cidadão pode ficar tranquilo, nós vamos sortear até o final do ano todos os prêmios que foram suspensos nesse período”, afirma a secretária adjunta de Atendimento ao Contribuinte, da Secretaria de Fazenda (Sefaz), Maria Celia de Oliveira Pereira.

Dos sorteados, 558 residem no interior de Mato Grosso e 438 são moradores da capital, Cuiabá. Além dos mato-grossenses, cinco contribuintes de outros estados foram contemplados. A disseminação do Nota MT, principalmente nas cidades do interior de Mato Grosso, demonstra confiabilidade e envolvimento dos cidadãos com o Programa que, além de premiar, estimula a educação fiscal.

Para a secretária adjunta, ao pedir a nota fiscal nas compras o cidadão exerce sua cidadania, contribui com a redução da sonegação fiscal e possibilita o incremento na arrecadação estadual.

“É importantíssimo exigir o documento fiscal em tudo o que a gente for comprar porque ele traz todas as informações da compra e do estabelecimento que fez venda, como o imposto embutido no valor do produto pago pelo consumidor. Esse ICMS vai para os cofres estaduais para que o Governo possa fazer as políticas públicas voltadas ao próprio cidadão”, explica Maria Celia.

Além disso, ao informar o CPF na nota fiscal a pessoa concorre aos prêmios do Nota MT e ajuda uma entidade filantrópica. As entidades indicadas pelos ganhadores recebem 20% de cada premiação.

Sorteados

Assim como os demais sorteios mensais, nesta segunda-feira (17.08) foram distribuídos 5 prêmios de R$ 10 mil e 1.000 prêmios de R$ 500. Os sorteados dos prêmios de R$ 10 mil foram: Cesar Romero Lima Junior e Luiz Antônio Marques, de Cuiabá; Jucemar Antonio Bearzi e Maurel Behling, de Sinop; Janaína Santana da Silva, de Rondonópolis.

Os demais 996 ganhadores vão receber prêmios de R$ 500, sendo que quatro deles foram premiados duas vezes no sorteio somando, cada um, R$ 1.000 em premiação. A Sefaz ressalta que o resultado do Nota MT é pelo número do bilhete eletrônico, portanto a mesma pessoa pode ganhar mais de uma vez, com bilhetes diferentes.

Cinco contribuintes de outros estados foram premiados, sendo dois de Goiás, das cidades de Aragarças e Formoso; dois de São Paulo, das cidades de São Paulo e Santa Clara d’Oeste; e um de Santa Catarina, da cidade de Nova Erechim. Embora seja um programa estadual, as pessoas que residem em outros estados também podem participar dos sorteios. Para isso, basta que façam o cadastro, realizem compras em estabelecimentos comerciais localizados em Mato Grosso e insiram o CPF na nota fiscal.

FONTE: Lorrana Carvalho | Sefaz/MT

0/Faça seu comentário