Três golpistas são presos em Mato Grosso; quadrilha arrecadava R$ 200 mil por semana

Treze mandados judiciais, sendo dez de busca e apreensão domiciliares e três de prisões, decretados pela Justiça do Estado de São Paulo, foram cumpridos hoje, pela Polícia Civil em Cuiabá e Várzea Grande, na operação Camaleão liderada pela equipe do 1ª Distrito Policial de São José do Rio Preto. As investigações iniciaram há cerca de seis meses para desarticular uma organização criminosa especializada em crimes de estelionato, sendo os golpes cometidos por meio da internet.

Conforme apuração, os envolvidos “arrecadavam” por semana, cerca de R$ 200 mil aplicando golpes nas vítimas. Os policiais da DERF-Cuiabá localizaram e apreenderam vários aparelhos celulares, além de chips utilizados pelos suspeitos na empreitada criminosa. Dos três mandados de prisões, dois alvos foram presos na capital e outro integrante do grupo também foi identificado e conduzido para interrogatório, sendo posteriormente liberado.

Semanalmente há vítimas de golpistas em Mato Grosso. Ontem, em Sinop, uma mulher procurou a delegacia municipal relatando que perdeu R$ 5 mil ao cair no golpe. O criminoso se passou por sua sobrinha e convenceu a mulher a fazer transferência bancária. Não foi confirmado se os golpistas presos hoje tem relação com esse crime.

FONTE: Só Notícias

0/Faça seu comentário