3,4 mil pessoas já morreram de covid-19 em Mato Grosso

Tchélo Figueiredo/Secom

Mato Grosso contabilizou 6 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. O boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgado na tarde deste domingo (27) mostra que 3.400 pessoas morreram da doença no estado desde o início da pandemia e há 120.641 casos de contaminações.

Há algumas semanas, o Estado está classificado entre o que estão com a média móvel de mortes e casos em redução.

Nas últimas horas, o paciente mais jovem vítima da doença tinha 34 anos e o mais idoso 91 anos. A grande maioria tinha comorbidades que agravaram a doença.

O último boletim acusou que a taxa de ocupação está em 58,81% para Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) adulto e em 28% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.535), Várzea Grande (8.947), Rondonópolis (8.766), Lucas do Rio Verde (5.459), Sorriso (5.127), Sinop (5.078), Tangará da Serra (4.873), Primavera do Leste (3.948), Cáceres (2.796) e Campo Novo do Parecis (2.676).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- Evitar contato próximo com pessoas doentes;

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. ( Com informações da assessoria)

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário