Cinco tratores usados para desmatamento no Pantanal são apreendidos em MT

Foto: Assessoria
A Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) apreendeu cinco tratores utilizados em desmatamento em Poconé, no Pantanal de Mato Grosso. A partir do trabalho de monitoramento realizado pela Sema, foi possível impedir que o desmatamento fosse concluído, evitando o emprego de fogo, que poderia resultar em mais uma frente de incêndio florestal.

Os tratores foram apreendidos na quinta-feira (10) na fazenda Bom Jesus III por fiscais da Coordenadoria de Fiscalização de Flora e retirados do proprietário, que é prestador de serviço contratado pelo dono da área desmatada. Estava ocorrendo a destruição de Área de Preservação Permanente (APP), já com descaracterização total do Bioma, com a retirada de mata ciliar ao redor de uma lagoa natural, pequeno refúgio para os animais silvestres como inúmeros jacarés e aves que se encontravam no local.

Conforme constatações realizadas pelos fiscais no local e confirmadas por responsável pelo desmate, o intuito era concluir o desmatamento e queimar as leiras com material lenhoso, para em seguida realizar a semeadura de pastagem exótica, visando expansão da atividade de pecuária. As multas estão sendo calculadas.

A Sema está focada no monitoramento diário do Pantanal. Se for constatado tentativas de desmatamento, equipes de fiscalização são enviadas para realizarem as constatações “in loco”, visando a responsabilização com autuação administrativa, apreensão e remoção de maquinários, efetivando assim a descapitalização imediata dos responsáveis por ilícitos ambientais.

A ação de Fiscalização faz parte da Operação Arco Norte, que dentre outros números de produtividade, destaca-se a apreensão e remoção de 47 máquinas em seis meses. Somente na quinta-feira foram removidos seis tratores que estavam sendo empregados em ilícitos ambientais: cinco em Poconé e um no norte do estado, município de Nova União.

O serviço de remoção de maquinário é financiado pelo Programa REM-MT e as máquinas são depositadas no pátio da Sema em Cuiabá, gerenciado pela Coordenadoria de Bens e Produtos Retidos. Muitas dessas máquinas são destinadas a entidades sem fins lucrativos, prefeituras ou outros órgãos para realizarem obras de interesse público. Atualmente dez tratores estão sendo empregados no combate ao incêndio no Pantanal.

FONTE: G1 MT