Drogas entraram na maior penitenciária dentro de embalagens de remédio contra Covid-19

Foto: Gefron
A Polícia Civil investiga a entrada de drogas na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, dentro de embalagens de remédios para Covid-19.

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos pela Polícia Civil, na tarde de quinta-feira (4), em continuidade às investigações da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) para apurar a entrada de entorpecentes em frascos de medicamentos na PCE.

No mês de julho, uma grande quantidade de drogas que entraria na PCE, disfarçada como medicamento para tratamento e prevenção à Covid-19 foi apreendida, em uma ação integrada da DRE e Polícia Penal.

O alvo principal das buscas realizadas na tarde de quinta-feira (03) era o local conhecido como “Barraca Guerreiras da Fé”, localizado próximo à PCE e que serve de suporte para familiares dos presos, além de outras três residências nos bairros Distrito Industrial I, Jardim Imperial e Jardim Industriário.

A ação resultou na apreensão de aparelhos celulares, notebooks e anotações que poderão auxiliar nas investigações sobre a entrada dos produtos ilícitos na unidade prisional.

Segundo o delegado titular da DRE, o objetivo da operação era esclarecer alguns pontos das investigações sobre a entrada de drogas na penitenciária e identificar uma associação voltada para o tráfico de entorpecentes.

FONTE: G1 MT

0/Faça seu comentário