Homem troca nudes com adolescente e diz ser vítima de extorsão de delegado

REPRODUÇÃO
Um homem, de 41 anos, do bairro Country Club, denunciou na segunda-feira (31/8), suposto delegado que teria pedido R$ 5 mil reais, para não divulgar fotos em que ele aparece nu. O estelionatário alegava que a vítima trocou “nudes” com uma menor de idade e iria processá-lo criminalmente, caso não fizesse o depósito de R$ 5 mil. O caso aconteceu em Sinop.

Segundo boletim de ocorrência, o homem fez o depósito e a extorsão teria sido feita por um homem que alega ser delegado de Porto Alegre (RS). O estelionatário ligou dizendo que se não quisesse responder por pedofilia teria que entregar o dinheiro.

A vítima conta que recebeu um convite de amizade da ‘’garota’’ pelo Facebook e começaram a conversar. Em seguida, trocaram WhatsApp. Segundo o homem, a garota lhe enviou fotos em que apaerece nua e insistiu para que ele enviasse também. Ao enviar as imagens, ela teria apagado sua conta do aplicativo de mensagens e da rede social.

Já no dia seguinte, o homem recebeu a ligação do suposto delegado o chantageando. Ele acabou fazendo o depósito. Passados três dias um segundo estelionatário, que também alegava ser delegado, pediu mais R$ 1 mil. O homem procurou a delegacia para fazer a denúncia.

Outro caso de extorsão com fotos íntimas foi registrado no mesmo dia em Sinop.

Um homem, de 41 anos, do bairro Jardim das Palmeiras, denunciou suposto advogado que teria pedido dinheiro para não publicar suas fotos íntimas com sua mulher.

Através do registo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), informado no perfil de uma rede social, foi constatado que era um perfil falso.

A Polícia Civil de Sinop investiga os casos.

FONTE: REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário