ACORIZAL: Homem que mantinha mulher em cárcere privado foi preso pela PM com armas e munições


No último dia 14/10, por volta das 19 horas, Policiais Militares do município de Acorizal-MT foram acionados pela Delegacia Especializada da Mulher de Cuiabá-MT, para atender uma ocorrência de violência doméstica na entrada do Assentamento Zé da Paz, que fica às margens da BR 163. 

Segundo a denúncia uma mulher e um bebê estavam sendo mantidos em cárcere privado e essa mulher estava sendo agredida durante esses dias.

Os policiais foram até o local e deparam com um suspeito nos fundos da residência.

Durante a abordagem do suspeito pela PM, foi constatado que a porta da casa estava aberta e a vítima veio ao encontro dos policiais nervosa e temerosa.

A vítima relatou esta sofrendo ameaças, juntamente com a sua bebê, sendo forçadas a permanecer no local pelo suspeito.

Relatou ainda que foi agredida durantes esses dias, sendo enforcada na madrugada e que por isso está até com dificuldade na fala. Ela disse também que foi arrastada pelo suspeito no interior da residência e que essas agressões aconteciam de forma rotineira e que são presenciadas pela sua filha, que fica abatida com os fatos.

Em busca pelo interior da residência os policiais encontraram um revólver calibre 32 sem munições, uma espingarda calibre 36 e 14 munições calibre 36.

A vítima apresentava escoriações no braço direito que seria proveniente da luta corporal que vem ocorrendo com o suspeito desde o dia 12/10/2020.

Foi levantado também que a vítima reside com o suspeito desde o ano de 2018 e desse relacionamento nasceu uma menina que hoje tem um ano de idade e que segundo ela desde o ano passado vem sofrendo agressões constantes e sendo privada em vários momentos até de utilizar telefone e ainda de realizar deslocamentos para cidade Várzea Grande, onde seus familiares residem.

A Vítima ainda relatou para os policiais que já registrou boletim de ocorrência em desfavor do suspeito por essas mesmas condutas nesse período vivenciado.

Em consulta ao suspeito os policiais identificaram que ele possui várias passagens criminais, dentre elas homicídio, roubo seguido de morte e envolvimento com tráfico ilícito de drogas, condutas que ligam ao perfil de violência do suspeito na prática de crimes; e que segundo a vítima, o suspeito utiliza para amedronta-la e ameaça-la.

Diante dos fatos o suspeito foi preso e encaminhado juntamente com as armas para a Delegacia de Polícia para providencias.

Atenderam a Ocorrência: 1° Tenente PM Gomes, 1° Sargento PM F. Silva, 3° Sargento PM Fábio Gomes, Soldado PM Serpa, Soldado PM Antoniel e Soldado PM Romário.

FONTE: Biorosario

0/Faça seu comentário