Homem é achado morto no rio Verde com 30 cortes pelo corpo

REPRODUÇÃO

Corpo de um homem não identificado foi encontrado boiando no Rio Verde, em Lucas do Rio Verde (354 km ao norte de Cuiabá), no fim da tarde de terça-feira (27). Vítima estava apenas de cueca, com pedaços de concreto amarrado em seu corpo, além de ao menos 30 sinais de facadas no tórax, pernas e na cabeça.

Conforme as informações, Corpo de Bombeiros foi acionado inicialmente para a ocorrência, por volta das 17h35, quando populares identificaram o corpo. Eles acreditavam que se tratava de uma ocorrência de afogamento. O corpo estava a 700 metros da ponte, na entrada da cidade.

Mas, quando os bombeiros fizeram o resgate, encontraram vários sinais que demonstraram que se tratava de um crime de homicídio e acionaram a Polícia Civil. A vítima, um homem, trajava apenas uma cueca e de estrutura mediana, tem uma tatuagem no braço esquerdo que aparenta ser um pássaro.

No mesmo braço, segundo a polícia, estava amarrado um pedaço de tijolo com concreto. Além disso, o corpo estava com muitas perfurações de arma cortante, possivelmente de faca.

Ao menos 30 perfurações foram contadas no tórax, pernas e na cabeça. Peritos da Perícia Oficial (Politec) também estiveram na ocorrência e disseram que o corpo estava inchado, em estado de decomposição e aparentava ainda ter sido morto há 72 horas. Ainda não há informações sobre a identidade da vítima. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

FONTE: GAZETA DIGITAL