Homem espia vizinha, ameaça dono de quitinete e acaba morto

REPÓRTERMT

Um homem de 51 anos foi encontrado morto dentro da quitinete em que morava, na noite de sexta-feira (17), no bairro Cristino Cortes, em Barra do Garças, após discutir e ameaçar matar o dono do local. O proprietário contou à Polícia Militar que a confusão começou depois que ele, que mora numa casa ao lado, viu que o inquilino se masturbava enquanto espiava uma vizinha e chamou a atenção dele por causa disso. 

Conforme o relato à PM, o dono das quitinetes disse que o inquilino parecia estar embriagado e que não gostou de ter sido repreendido, e respondeu: “Eu sou homem e você é veado. Eu gosto de mulher. Você vai me pagar agora”. Depois, ele pegou uma faca e começou a passar o objeto tanto na janela quanto na parede e dizia que iria matar o proprietário. 

Na sequência, o inquilino foi até o portão da frente para tentar esfaquear o dono das quitinetes, que correu para dentro de casa e trancou a porta. Quando percebeu que os gritos tinham parado, o proprietário relata que saiu da casa, viu o sangue no chão e chamou a polícia. 

Quando a PM chegou, encontrou sangue na entrada do conjunto das quitinetes, no corredor e na área da frente da residência ao lado. O homem estava sentado no sofá da quitinete onde morava, com um corte no braço e poucos sinais vitais. A faca estava no chão. Quando o Corpo de Bombeiros foi até o local, foi constatada a morte.  

O local foi isolado e a Perícia Técnica Oficial foi chamada (Politec). O corpo foi levado ao Instituto Médico Legal.

A corporação registrou o caso como possível suicídio. A Polícia Civil apenas informou que vai investigar o caso. 

FONTE: REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário