Piracema em MT começa nesta quinta-feira e comerciantes têm 1 dia para declarar estoque

Foto: Secom - MT

A proibição da pesca amadora e profissional nos rios de Mato Grosso e nos que fazem divisa com outros estados começa nesta quinta-feira (1°). Os estoques de peixes de rio que poderão ser armazenados e comercializados durante o período de defeso precisam ser declarados pelos comerciantes até essa sexta-feira (2).

O secretário adjunto executivo da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), Alex Marega, explica os requisitos mínimos para fazer a declaração.

“Deve conter nessa declaração as espécies de peixe que você tem armazenado, a quantidade e o peso. Dessa forma quando a nossa equipe de fiscalização for até os estabelecimentos comerciais que comercializam peixes pra verificar sobre a proibição da pesca se está ou não sendo pescado o peixe em rios. Então a declaração vai subsidiar pra que você não seja autuado e pra que você possa estar legalizado perante a Sema”, explicou.

A pesca amadora e profissional está proibida até o dia 31 de janeiro. Nesse período, está liberada apenas a pesca de subsistência.

“Aquele peixe que é retirado do rio para a alimentação das pessoas que moram nas beiras dos rios, as pessoas que vivem da pesca, é permitido. Não pode ser embarcado, não pode ser com equipamentos predatórios, mas a pesca para alimentação pode ser feita”, ressaltou o secretário.

Durante a piracema, a fiscalização vai ser intensificada, segundo a Sema.

“Esse é o período aonde a nossa equipe de pesca está constantemente no campo e nos estabelecimentos fazendo essa verificação com o objetivo realmente de inibir a prática da pesca durante o período de defeso”, disse Alex.

FONTE: G1 MT

0/Faça seu comentário