Dona de boca de fumo é presa pela PM com 60 pacotes de maconha e R$ 1,2 mil

reprodução

Três integrantes de uma facção criminosa quem agiam em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá) foram presos pela Polícia Civil, no final da tarde de quarta-feira (4). Na ação deflagrada pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) do município foram apreendidas três motocicletas, além de grande quantidade de drogas e dinheiro.

Dois suspeitos de 19 e 22 anos, e uma mulher de 33 anos considerada líder do tráfico de drogas na região do bairro Vila Canaã, foram autuados em flagrante pelos crimes de quadrilha ou bando, associação para tráfico de drogas e tráfico ilícito de drogas.

Durante diligências, as equipes da Derf-Rondonópolis identificaram uma mulher apontada como gerente da organização criminosa responsável por controlar o recebimento de dinheiro dos comparsas e dos estabelecimentos comerciais pertencentes à facção ou que são obrigados a pagar um taxa de proteção, na forma conhecida como “caixinha”, para não serem roubados ou ameaçados pelos membros.

Com base nos indícios coletados nas investigações, a casa da suspeita no bairro Jardim Maria Tereza passou a ser monitorada. Na tarde de quarta-feira (03) a equipe recebeu informações sobre a chegada de uma grande quantidade de droga.

Outros integrantes responsáveis pela distribuição de drogas em diferentes bairros de Rondonópolis estavam indo aos poucos ao local para retirada das substâncias ilícitas e abastecimentos dos pontos de venda de droga da região.

No momento da chegada na residência, os policiais civis avistaram dois rapazes. Um deles tentou fugir, correndo para os fundos do imóvel, pulando os muros da vizinhança, porém, acabou detido no cerco policial.

O segundo suspeito, ao ser abordado, quebrou o aparelho celular jogando-o contra sua motocicleta. Essa é uma atitude tomada por ordem da liderança da facção criminosa sempre que um membro é preso.

No interior da casa foi encontrado o chão repleto de notas de dinheiro, totalizando mais de 1,2 mil. Ao ser surpreendida na residência, a suspeita também tentou quebrar seu aparelho celular, porém, foi impedida pela equipe policial.

No quarto foram localizados os pacotes de quantidade de maconha, uma balança de precisão, além de outras de 60 porções menores da mesma droga, embaladas e prontas para a venda.

Diante do flagrante, os três suspeitos foram conduzidos para a Derf de Rondonópolis, interrogados e autuados pelos crimes de quadrilha ou bando, associação para tráfico de drogas e tráfico ilícito de drogas.

Após os procedimentos policiais, os presos foram colocados à disposição da Justiça, sendo encaminhados para as respectivas unidades prisionais. As investigações continuam para identificação de outros envolvidos.

FONTE: GAZETA DIGITAL