Em noite pouco inspirada Cuiabá empata com o América e segue em 3º na Série B

foto: arquivo/assessoria

Em jogo com pouco brilho e muitos erros individuais, o Cuiabá não conseguiu ser superior e só empatou, neste sábado (14), por 0 a 0, com o América (MG), em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, na Arena Pantanal. Os dois times até tentaram criar e ir para cima, mas sem tanta efetividade. Com o resultado, o Dourado permanece na 3ª colocação, com 37 pontos. O Coelho, que é vice-líder, tem a mesma quantidade de pontos, ficando a frente pelo saldo de gols.

O primeiro tempo foi equilibrado, com muitos erros de passes e bobeadas individuais. O Cuiabá teve mais posse de bola (54%, ante 46%), mas finalizou menos. Foram oito chutes do Coelho e cinco do Dourado. O lance mais empolgante foi o gol marcado pelo time mineiro, mas que o bandeirinha viu posição irregular de Ademir e anulou.

Já na etapa final, os desacertos foram ainda mais constantes. Ambas as equipes se estudaram muito e não conseguiram abrir o marcador, nem levar tanto perigo aos goleiros. Com os times já cansados, os passes longos foram mais utilizados, diminuindo o ritmo de jogo e aumentando as falhas.

O jogo – O América criou a primeira grande chance aos 3 minutos. Em boa troca de passes, Ademir cruzou na cabeça de Felipe Azevedo, que se infiltrou no meio da defesa, mas jogou para fora, passando com perigo na esquerda do gol do Dourado. João Carlos só olhou a bola saindo.

Já aos 9, o América chegou a abrir o marcador, mas o bandeirinha viu impedimento e anulou o gol do Coelho. Rodolfo bateu rasteiro cruzado, e Ademir, livre, mas em posição irregular, desviou para o fundo do gol.

Aos 14, o Cuiabá conseguiu chegar. Em cobrança de falta, de muito longe, Elvis cruzou, e Auremir subiu mais que a defesa adversária, mas cabeceou fraco pela direita do gol defendido por Matheus Cavichioli. Na marca dos 16, o Dourado chegou de novo. Elvis cobrou escanteio, a bola foi desviada, e sobrou livre para Marcinho, que finalizou para boa defesa do goleiro.

Quando o relógio marcava 21, o América chegou bem, com Ademir que recebeu pela direita, cortou para o lado e arriscou de fora da área. O chute de canhota saiu sem tanta força, e João Carlos conseguiu defender sem dar rebote.

Aos 25, Geovane recebeu livre na esquerda da zaga cuiabana, bateu cruzado, mas Auremir deu bom carrinho e conseguiu afastar o perigo, mandando para escanteio. Na cobrança, a bola foi para Messias, mas a defesa do Dourado se antecipou e jogou para longe.

Aos 32, o Dourado voltou para o ataque. Romário deu bom passe para Marcinho, que invadiu a área, puxou para a direita e tentou bater cruzado, mas pela esquerda da meta de de Matheus Cavichioli.

Já na marca dos 35, o América quase abriu o placar. Em bobeada da zaga do Cuiabá, Matheus Barbosa errou a saída de bola e jogou nos pés de Ademir, que lançou na área. Rodolfo e Anderson Conceição subiram, o zagueiro levou a melhor e mandou para escanteio. Na cobrança, a defesa conseguiu afastar novamente.

Aos 38, aperto do América. Em boa troca de passes, Ademir recebeu, cortou para a esquerda e arriscou de fora da área, para excelente defesa de João Carlos. No rebote, a bola sobrou para Geovane, que tenta pegar de primeira, mas manda longe da meta, isolando. Depois disso, nada mais criativo e fim do 1º tempo.

A segunda etapa começou com as duas equipes ainda mais nervosas e menos inspiradas, errando passes curtos. Na marca dos 13, Elvis deu bom passe para Romário, que foi derrubado na esquerda do ataque. Na cobrança, Elvis bateu direto para defesa de Matheus Cavichioli, mandando para escanteio.

Na batida, novamente com Elvis, a bola foi cruzada na área. O capitão Anderson Conceição subiu mais que todo mundo e cabeceou, mas pela direita da meta do América, sem levar muito perigo. Já aos 20, João Paulo recebeu na esquerda, puxou para a direita e bateu firme. A bola, entanto, subiu demais e passou muito longe do gol do Cuiabá, sem assustar a defesa da casa.

Aos 28, o Coelho quase abriu o placar. Em cobrança de falta pela direita, Ademir bateu direto e pegou bem. A bola saiu pela linha de fundo, passando muito perto do gol de João Carlos, que ainda saltou para tentar fazer a defesa.

Na marca dos 38 o Dourado chegou bem. Elvis cobrou escanteio e Anderson Conceição subiu livre, cabeceando para o gol. Matheus Cavichioli só acompanhou e a bola saiu pela linha de fundo, cedendo tiro de meta ao time mineiro. Aos 41, Elvis cobrou falta com efeito e a bola passou muito perto da meta do Coelho, assustando o goleiro e quase abrindo o placar.

Aos 44, Juninho recebeu pelo meio, ajeitou e tentou bater de muito longe. A batida saiu desajeitada e passou pela direita do gol de João Carlos, sem muito perigo. Aos 46, o Dourado respondeu. Nenê Bonilha recebeu, puxou para a direita e chutou forte, porém por cima do gol mineiro.

Pela Série B, Cuiabá entra em campo no próximo sábado, às 18h, diante do CSA, na Arena Pantanal. Já o América visita o Operário (PR), no mesmo dia, às 15h30. Ambos os times entram em campo na quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil. O Dourado visita o Grêmio, às 15h30, e o Coelho recebe o Internacional, às 20h30.

FONTE: Só Notícias/Luan Cordeiro