Mulher é baleada ao defender amiga que se recusou a dançar com homem

Otmar de Oliveira

Uma mulher foi baleada no pescoço por um homem depois de defender sua amiga que se recusou a dançar com o suspeito. A confusão aconteceu na madrugada desta quinta-feira (5), em uma boate localizada no centro da cidade de Colniza (1.065 km a noroeste de Cuiabá).

De acordo com a Polícia Militar, os agentes foram acionados por equipe do hospital municipal no qual a mulher foi atendida. Aos policiais, os funcionários da unidade médica apontaram que uma mulher deu entrada para receber atendimento após ter sido baleada em uma boate.

Em contato com a vítima, os policiais levantaram que a mulher estava em uma boate com a amiga quando o crime ocorreu. Por volta das duas e meia da manhã, a colega foi chamada por um homem para dançar, mas recusou o convite. Mesmo com a negativa, o homem insistiu e o filho da mulher o procurou para tirar satisfação, momento em que ele negou ser a pessoa da qual se estava falando.

Após ter negado ser o homem que insistiu no pedido de dança, o suspeito foi abordado pela vítima que o pediu novamente para "deixar a amiga em paz". Contudo, quando a mulher deu as costas, foi baleada de raspão no pescoço pelo homem.

Aos policiais, ela apontou que não conseguiu identificar o autor dos disparos, mas afirmou que tudo leva a crer que foi o mesmo homem. Diante das informações, os militares tentaram localizar o suspeito, mas não o localizaram. Um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil.

FONTE: GAZETA DIGITAL