Psicóloga de Cuiabá é sequestrada e bandidos gastam R$ 3,8 mil em cartão

Chico Ferreira

Uma psicóloga de Cuiabá passou por momentos de terror na tarde de quarta-feira (19), em Cuiabá. Ela foi sequestrada, colocada no porta-malas e ainda obrigada a passar as senhas do cartão. A vítima teve um prejuízo de R$ 3,8 mil, além de ter bens pessoais levados. Esse é o segundo crime do tipo essa semana.

A mulher foi rendida no bairro Jardim Cuiabá por um homem armado quando estava saindo do dentista. O criminoso entrou no carro e exigiu que ela dirigisse para um lugar de pouco movimento na região do bairro Santa Rosa.

A psicóloga foi obrigada a parar o veículo e passar a senha do cartão, além de entregar seus anéis e o celular. Depois foi presa no porta-malas enquanto o homem dirigia pela cidade.

O homem, que estava com um comparsa, conseguiu fazer o saque de R$ 2 mil no caixa eletrônico e uma compra de R$ 1,8 mil no débito.

Ela só foi solta após falar que o carro possui rastreador. A vítima e carro foram deixados no Jardim Cuiabá, onde ela chamou a polícia.

Os homens ainda não foram localizados e o caso é investigado pela Polícia Civil.

FONTE: GAZETA DIGITAL