Nos pênaltis Luverdense vence o Dom Bosco e vai disputar Copa do Brasil

fotos: assessoria

Em um ano com incertezas e marcado pelo quase fechamento das portas, o Luverdense conseguiu um desfecho diferente garantindo, nesta terça-feira (22), uma vaga na Copa do Brasil de 2021, 3º lugar do Campeonato Mato-grossense, e um respiro financeiro, já que assegurou cerca de R$ 500 mil de premiação. Os 90 minutos foram com emoção, terminando em 3 a 2 para o Dom Bosco, e indo para os pênaltis, no estádio Dito Souza. Nas penalidades, o time de Lucas do Rio Verde converteu todos, vencendo por 5 a 3.

Rhuan fez o primeiro para o LEC, o goleiro Geilson pulou certo, mas não catou. Em seguida, Igor Vieira bateu forte no meio para o Dom Bosco e também fez. Alan do Luverdense bateu na esquerda e fez. O goleiro Geilson do Leão da Colina cobrou e também converteu. Maycon do LEC também cobrou e fez o gol. Odail Júnior chutou para o Dom Bosco e marcou.

O quarto pênalti do Luverdense foi batido por Lucão, que também fez o gol. Pelo Dom Bosco, Peixinho bateu e o goleiro Gabriel Félix brilhou, defendendo a cobrança. Em seguida, Eliton cobrou o último pênalti, marcando gol e garantindo o Luverdense na Copa do Brasil e a 3ª colocação.

O primeiro tempo foi aberto e ambas as equipes conseguiram chegar com perigo. Em boa jogada o Dom Bosco abriu o placar, mas o Luverdense não se abateu e no apagar das luzes deixou tudo igual, indo para o intervalo com a classificação garantida.

A segunda etapa foi ainda mais movimentada, e ambos os times voltaram animados, decididos a garantir a vaga. Logo no início o Dom Bosco ampliou o, mas o LEC voltou a empatar. Depois disso, o goleiro Gabriel Félix, do time de Lucas do Rio Verde, voltou a se destacar, fazendo boas defesas, mas o Leão da Colina não desistiu e nos acréscimos levou para os pênaltis.

O jogo – O Dom Bosco abriu o placar, aos 31 minutos do primeiro tempo, com Profeta, de cabeça. Já na marca dos 44, Rhuan cobrou escanteio e Maycon subiu alto para cabecear para o fundo das redes, marcando para o Luverdense.

Na etapa complementar, o Dom Bosco ampliou o marcador, aos 3 minutos. Em cobrança de falta, Odail Júnior chutou muito forte, o goleiro Gabriel Félix espalmou errado e Pikachu aproveitou o rebote, mandando para o fundo das redes, de pé direito.

Aos 8, o juiz viu pênalti para o Luverdense, depois da bola bater na mão do zagueiro do Leão da Colina. Maycon bateu de canhota, com categoria. Goleiro para um lado, bola para outro e gol para o time de Lucas do Rio Verde, voltando a igualar o placar.

O Luverdense acabou cansando, e na marca dos 47, o Dom Bosco ficou na frente do placar novamente. Em cruzamento de Igor na área, Ludson acabou escorando para o fundo das redes. O gol levou a decisão para os pênaltis.

A final do campeonato Mato-grossense entre União de Rondonópolis e Nova Mutum será nesta quarta-feira, às 20h30, no Luthero Lopes. Colorado precisa vencer já que no primei confronto  perdeu por 1 a 0, no estádio Valdir Doilho Wons.


Só Notícias/Luan Cordeiro

0/Faça seu comentário