Operação tem reforço de 1.700 policiais dos 141 municípios de MT

Sd Elias/PMMT

Desde sexta-feira (18.12), até a primeira semana de janeiro, a Polícia Militar leva às ruas dos 141 municípios a Operação Fim de Ano. São cerca de 1.700 policiais e 660 viaturas empregadas diariamente no trabalho ostensivo de prevenção e repressão à criminalidade.

Essa operação prioriza as áreas comerciais, especialmente no período que antecede as festas natalinas. As modalidades de reforço incluem policiamento a pé, montado (Cavalaria) e equipes em viaturas quatro rodas e motocicletas.

Durante o lançamento da operação, na sexta-feira (18), na Praça Alencastro, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Jonildo José de Assis, destacou que nas áreas comerciais o objetivo e a segurança dos consumidores que estão indo às compras e dos trabalhadores e empresários do setor.

Sd Elias/PMMT

Assis fez alerta aos consumidores para cuidados que devem ter com sacolas, cartões de banco e até mesmo onde estacionar, e o que deixam no interior do veículo. De preferência, não portar dinheiro e optar por meios digitais de pagamento.

O comandante assinalou que os policiais estão nas ruas se empenhando na segurança dos cidadãos. E que para garantir reforço à segurança a PM escalou o efetivo que atua no administrativo dos quartéis.  

Para somar forças com a PM, orientou Assis, é importante que os cidadãos estejam atentos, pois é nessa época que os criminosos mais se aproveitam da oportunidade, ou seja, momentos de descuido das pessoas para agir.

A Operação Fim de Ano também definiu estratégias de reforço ao policiamento fora das áreas comerciais, em avenidas e dentro dos bairros, como bloqueio de vias para abordagem, revista e checagem de documentação de pessoas e veículos.

As ações têm como base a análise criminal, um serviço permanece da Polícia Militar que consiste em estudar as estatísticas (modalidade de crimes, onde ocorrem, a frequência, horário) e definir como atuar.

Presente no lançamento da operação, o diretor da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Cuiabá, empresário Roberto Peron, disse que a presença de mais policiais militares nas ruas faz com que consumidores e comerciantes se sintam mais seguros.

“É uma satisfação termos esse reforço e saber que sempre podemos contar com a Polícia Militar”, assinalou Peron.

Reforçando o alerta do comandante geral, Roberto Peron lembrou que o bandido vai principalmente onde vê oportunidade, facilidade maior para a prática criminosa. 


Alecy Alves | Secom-MT


0/Faça seu comentário