Diretoria do Hospital Amparo, se reúne com vereadores em Rosário Oeste

ASSESSORIA

O presidente da Câmara Municipal, Amilson Cláudio Neponoceno (Amilson da Distribuidora) (SOLIDARIEDADE) acompanhado pelo, Vice Presidente George Ribeiro (PSC), vereadora Vanuzia Araújo (MDB) 1° Secretária, vereador Flávio Loureiro (Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento) (PSC) e vereador Tico Nazário (2º Secretário) (PTB), estiveram reunidos com a diretoria do hospital Amparo.

O objetivo é buscar soluções para melhorar os trabalhos geridos pelo hospital Amparo, que é uma instituição Filantrópica o qual sobrevive por meio de doações. Atualmente existe um repasse Municipal no valor de 89.600 que auxilia no pagamento de prestadores de serviços, (médicos, enfermeiros e técnicos), aquisição de medicamentos e através das IHS o Hospital recebe 41.600 valor do teto. Através de informações do próprio Hospital, as dificuldades estão grande, por hoje faltar medicamentos, alimentos para os internados dentre outras situações que vem se acarretando por longas datas.

Nesta reunião estavam representando o Hospital Elenir Gubert (Diretora da Associação Amparo), Estevina Benedita (Funcionária do Complexo), Matildes Gonçalves (Gestora do Complexo Maria de Nazaré) e Jucineia Linhares (Tesoureira do Complexo). A primeira medida tomada nesta reunião pelos vereadores presentes foi, o estudo técnico contábil e jurídico para ser analisado por uma Comissão composta por membros do Conselho Municipal de Saúde, hospital Amparo, Secretaria de Saúde e Câmara de vereadores, para garantir total funcionamento dos recursos implantados, buscando a melhor forma para que o hospital continue dando o auxilio até que consigamos um atendimento de qualidade a nossa população. 

O Presidente reforçou a preocupação que tem com a Saúde no Município, principalmente com o Hospital Amparo que atende toda nossa população, o grande objetivo é que no futuro próximo o hospital possa voltar a ter os atendimentos cirúrgicos, bem como partos (normal e Cesário). Os vereadores Ademir Figueiredo (Tesoureiro) (MDB) e Alexandre do Bauxi (Presidente da Comissão de Constituição e Justiça) (MDB) justificaram sua ausência, os demais vereadores não se pronunciaram.

Assessoria




0/Faça seu comentário