Homem de 31 anos e outras 22 pessoas morrem de covid-19 em 24h

João Vieira

Homem de 31 anos, da cidade de Tangará da Serra (239 km a médio-norte de Cuiabá), e outras 22 pessoas morreram vítimas da covid-19 nas últimas 24 horas em Mato Grosso. Dados do boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira (06) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontam que o estado já contabiliza 4.619 óbitos pela doença.

Segundo o balanço, mais de 2 mil novos casos foram notificados pela pasta, fazendo com que o estado some 185.745 infecções pela doença. Deste montante, em mais de 174,8 mil ocorrências as vítimas se recuperaram, enquanto 5,4 mil pessoas seguem em isolamento domiciliar.

Além disso, subiu o número de hospitais com classificação vermelha, que indica taxa de ocupação de Unidades de Terapia Intensiva igual ou superior a 60%. Conforme noticiado anteriormente, eram nove hospitais com a classificação, mas o número subiu para dez unidades.

Até esta quarta-feira, 56,98% das UTIs pactuadas do estado estão ocupadas, enquanto 28% dos leitos também estão em uso. Os números dizem respeito à ocupação total das unidades, seja por pacientes da covid-19 ou de outras condições clínicas. Anteriormente, ambos os índices haviam recuado, mas nas últimas semanas voltaram a crescer.

Cuiabá, Rondonópolis e Várzea Grande são as cidades mato-grossenses com maior taxa de infecção pelo vírus. Contudo, municípios do interior ainda lideram com as taxas de mortalidade da doença mais elevadas do estado.

Dados do Ministério da Saúde apontam que o Brasil já notificou 7,8 milhões de contágios pela doença, dos quais em mais de 197,7 mil ocorrências as vítimas não resistiram e morreram.

GAZETA DIGITAL