Jovem é encontrada morta e sem peça íntima em lavoura

Diário da Serra

O corpo de Letícia Santos, 18, foi encontrado em meio uma plantação de soja, em São José do Rio Claro (315 km a Médio-Norte), na noite de sábado (2). A vítima estava sem calcinha e apresentavas diversas perfurações de faca pelo corpo. Um menor, de 17 anos, é o principal suspeito do crime e foi apreendido pela Polícia Civil.

De acordo com informações do site Terra Digital, pessoas que passavam pelo local viram o cadáver já em decomposição e chamaram a polícia. Quando os militares chegaram ao local, assim como a Polícia Civil, jovem foi identificada.

A garota morava em Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte), mas estava visitando parentes em São José. Ela saiu de casa para ir a uma festa, na noite do dia 31, e desapareceu.

Segundo informações, a festividade ocorreu próximo ao local onde o corpo da vítima foi achado. O fato de Letícia estar sem a peça íntima sugere estupro, no entanto só o laudo da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) irá confirmar se houve violência sexual.

A última imagem da mulher vida foi registrada por volta das 4h, do dia 1° de janeiro. Ela estava na moto de um rapaz. Esse jovem foi ouvido ainda enquanto a polícia fazia buscas pela mulher e apresentou várias contradições em sua fala. Ele era conhecido da família e o último a ter contato com ela. Por conta disso, ele foi apreendido e é principal suspeito do assassinato.

GAZETA DIGITAL