Polícia Militar fecha 'fabrica ilegal' de anabolizantes e prende irmãos

Reprodução

Policiais militares do 11º BPM de Sinop (a 500 km de Cuiabá) prenderam nesta quarta-feira (27), quatro homens por formação de quadrilha e falsificação, corrupção e adulteração de produto farmacêutico. Dos detidos, dois são irmãos.

Os policiais já vinham monitorando os suspeitos devido à denúncia do funcionamento de um laboratório de produção de anabolizante com a participação de dois irmãos. Um deles foi o primeiro detido com uma pistola, dois carregadores e 26 munições.

Com auxilio da Agência Regional de Inteligência foi descoberto à localização do outro irmão. Ele tinha sido preso e saiu do sistema prisional há poucos dias e estaria envolvido na produção e venda ilegal de anabolizantes. A informação apontava onde estaria.

No local, ele tentou correr, mas foi contido e carregava uma porção de maconha  e dentro do carro estavam vários frascos de uma substância que seria misturada e vendida como anabolizante.

Na casa onde o suspeito estava antes de ser detido, no bairro Jardim Araguaia, os policiais encontraram mais um homem envolvido na ação criminosa. No imóvel, foram apreendidas 35 ampolas com líquido amarelo. O suspeito preso disser ser vendedor dos produtos. Ele apontou o laboratório, uma casa no bairro Alto da Glória.

No imóvel, mais um homem foi detido e confessou ter cedido um dos quartos da casa para ser o laboratório da quadrilha. Foram encontrados no cômodo óleo de amendoim, álcool benzílico, testoterone cypionate, seringas, entre outros.

GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário