Em 24h, 20 pessoas dão entrada em UTIs e taxa de ocupação chega aos 88%

Divulgação

Nas últimas 24 horas, 20 pessoas deram entradas em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) de Mato Grosso, saltando de 403 internações para 423. A ocupação dos leitos, que nesta segunda-feira (01) é de 88,68%, tem sido crescente nos últimos meses mesmo com a implantação de novas unidades nos hospitais.

Dados do boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde (SES) apontam que Mato Grosso já notificou mais de 252,5 mil contágios, dos quais em cerca de 5,8 mil ocorrências os infectados morreram.

Ao longo dos últimos meses, Cuiabá, Rondonópolis e Várzea Grande estacionaram no pódio de cidades mato-grossenses com maior número de contágios. Menores e mais afastados da Capital, municípios do interior também têm números tidos como preocupantes da doença, uma vez que concentram as mais altas taxas de mortalidade pelo vírus.

Para barrar o avanço da pandemia no estado, o governador e os prefeitos se reuniram para estabelecer medidas mais restritivas no combate ao coronavírus. As novas ações devem começar a valer a partir de terça-feira (02) e se estende pelos próximos 15 dias.

No Brasil, o Ministério da Saúde já contabilizou mais de 10,5 milhões de contágios, sendo que em 254,9 mil situações as vítimas não resistiram às complicações da doença e morreram.

GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário