26°

Poucas nuvens

Rosário Oeste - MT

Esportes JOGO NA ARENA

Jorginho minimiza fase ruim do Grêmio e quer o Cuiabá "atento"

Confronto contra o tricolor gaúcho, que está na vice-lanterna, ocorre nesta quarta-feira (17), às 18h

18/08/2021 às 09h06
Por: Redação Fonte: MÍDIA NEWS
Compartilhe:
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO

O Cuiabá enfrenta o Grêmio na Arena Pantanal, nesta quarta-feira (18), às 18h (de Mato Grosso), em partida atrasada da 5ª rodada da Série A do Brasileirão.

Em entrevista à imprensa, o treinador Jorginho mimizou a fase ruim do time gaúcho e afirmou que o Dourado precisa ficar atento no duelo.

O Grêmio é o vice-lanterna da Série A, com dez pontos somados. O Cuiabá, com 17 pontos, ocupa a 16ª posição.

“Somar pontos em casa é muito importante, mas não estamos falando de qualquer equipe, estamos falando do Grêmio. Eu preciso ressaltar isso porque às vezes as pessoas acham que vai ser muito fácil, que vai ser muito simples porque o Grêmio está num momento ruim. Mas cada jogo tem sua história, cada jogo tem sua importância”, afirmou.

“A gente sabe que uma equipe grande como o Grêmio, de tanta tradição, é sempre muito pressionada pelo seu torcedor, pela diretoria. Além disso, eles têm um potencial muito grande dentro do elenco. Por isso a gente tem que ficar muito atento para esse jogo”, acrescentou.

Jorginho afirmou que uma vitória sobre o Grêmio seria importante para o Dourado somar 20 pontos antes do fim do primeiro turno.

Segundo ele, caso o Cuiabá consiga esse feito, terá um alívio maior na segunda parte da competição e, talvez, possa, até mesmo, pensar em voos mais altos.

“É difícil precisar a pontuação [para escapar do rebaixamento], mas 45 normalmente tem te tirado da zona de rebaixamento. Quando passamos dos 20, se torna, não digo fácil, mas quase que natural de acordo com aquilo que você busca dentro da proposta de jogo para o segundo turno”, afirmou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias