24°

Poucas nuvens

Rosário Oeste - MT

Polícia PORNOGRAFIA INFANTIL

Polícia Federal procura dois pedófilos de MT em operação nacional

Em Mato Grosso, dois mandados estão sendo cumpridos.

03/12/2021 às 07h59
Por: Redação Fonte: GAZETA DIGITAL
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (3) em todo o país, a Operação Lobos 2, que tem como objetivo desarticular um grupo criminoso que usa da darkweb para difundir material de abuso sexual infantil no Brasil e em diversos países do mundo. Em Mato Grosso, dois mandados estão sendo cumpridos.

As informações são preliminares, PF do Estado ainda não divulgou em quais cidades mato-grossenses estão os alvos. Em panorama nacional, sabe-se até o momento que são 104 mandados de busca e apreensão e 8 de prisão preventiva.

Além de identificar e prender os abusadores e os consumidores desse tipo de conteúdo, os agentes esperam ainda resgatar crianças que se encontram em situação de extrema violência. Os investigados vão responder por venda, produção, disseminação e armazenamento de pornografia infantil e estupro de vulnerável.

Operação Lobos

Iniciando no ano de 2016, a Polícia Federal estabeleceu parcerias com forças policiais de diversos países, com o objetivo de identificar indivíduos que se utilizavam da darkweb para difundir material de abuso sexual infantil.

Os criminosos atuavam mediante divisão de tarefas  (arregimentadores, administradores, moderadores, provedores de suporte de hospedagem, produtores de material, disseminadores de imagens, dentre outros) com a finalidade de produzir e realizar a difusão de imagens, fotos e comentários acerca de abuso sexual de crianças e adolescentes e, ainda, alimentar a demanda por esse tipo de material.

A união internacional de esforços permitiu a identificação de um indivíduo brasileiro que utilizava a deepweb para hospedar e gerenciar 5 (cinco) dos maiores sites de abuso sexual infantil de toda a rede mundial de computadores. Os sítios e fóruns da darkweb eram divididos por temática, com imagens e vídeos de abuso sexual de crianças de 0 a 5 anos, abuso sexual com tortura, abuso sexual de meninos e abuso sexual de meninas.

Os sites eram utilizados por mais de 1.800.000 (um milhão e oitocentos mil) usuários, em todo o mundo, para postar, adquirir e retransmitir materiais relacionados à violência sexual contra crianças e adolescentes, dando a dimensão da necessidade do enfrentamento aos principais fomentadores deste tipo de conduta delituosa. (Com assessoria de imprensa)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias