24°

Poucas nuvens

Rosário Oeste - MT

Geral H3N2

Cuiabá confirma primeira morte pela nova gripe

A vítima é uma mulher de 68 anos que estava internada em um hospital particular.

05/01/2022 às 14h17
Por: Redação Fonte: GAZETA DIGITAL
Compartilhe:
Tchélo Figueiredo/Secom
Tchélo Figueiredo/Secom

A Prefeitura de Cuiabá confirmou nesta quarta-feira (5) a primeira morte causada pela gripe H3N2 na Capital. A vítima é uma mulher de 68 anos que estava internada em um hospital particular.

Ela foi internada em 20 de dezembro e faleceu em 30 de dezembro, porém, a confirmação da H3N2 só ocorreu nesta quarta, após saírem os resultados dos exames.

A H3N2 é um novo tipo do vírus gripe, uma variante do vírus influenza A. Atualmente o país vive um surto extratemporal da gripe, que ocorre após as medidas de flexibilização contra a covid-19.

Isso porque tanto a covid-19 quanto a H3N2 são transmitidas da mesma forma, ou seja, pelas vias respiratórias. Os cuidados para evitar a transmissão dos dois vírus devem ser os mesmo como usar máscara, higienizar as mãos e o uso de álcool 70%.

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamentou a morte da idosa. "Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte desta moradora de Cuiabá pelo vírus da Influenza H3N2. Ainda estamos em pandemia, o coronavírus ainda está circulando e agora temos mais esta ameaça, que é o vírus da Influenza. Infelizmente continuamos vivendo tempos difíceis e não podemos nos descuidar, porque agora a ameaça é dupla. Estamos trabalhando incessantemente para oferecermos atendimento e tratamento dignos para a nossa população, mas novamente eu rogo à população que se cuide. Sistema de saúde em nenhum lugar do mundo consegue dar conta de toda a população ao mesmo tempo e Cuiabá não é diferente. Estamos trabalhando muito para melhorar, mas precisamos que a população também nos ajude, tomando os cuidados necessários". (Com informações da assessoria)

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias